segunda-feira, 31 de março de 2014

Tunel Fabio Rego - Senges/PR

Natureza: 5
Dificuldade: 2
Beleza: 5
Notas que variam de 1 a 5







Esse post é a continuação do nosso passeio pela região de Sengés e Jaguariaiva, no Paraná, onde passamos pelo famoso Túnel Fábio Rego, a Represa da Lagoa Azul, a Cachoeira do Rio Jaguariaíva e o parque Linear. Tudo fica na cidade de Jaguariaíva, mas partimos de Sengés, pois é onde estávamos hospedados em função dos passeios do post anterior.



Partindo do Hotel Sengés, onde estávamos, seguimos em direção a cidade de Jaguariaíva. A aproximadamente 20Km de Sengés chegamos na entrada da estrada de terra que leva ao desativado Túnel Fábio Rego. 



Entrada do Tunel
O túnel foi construído em 1956 e fazia parte da linha férrea Itararé - Montevidéu. Ele cruza a rodovia Itararé/SP - Jaguariaíva/PR (PR-151), e foi desativado em 1994 em função de uma nova linha, tendo os trilhos arrancados. Seus 836m de comprimento foram tomados pelo mato e parcialmente inundados.




Trilha de Acesso ao Tunel
Atualmente é explorado pelos praticantes de offroad, tendo em vista que para sua travessia é necessário tração 4x4 e uma boa altura do solo em função da profundidade da água, que pode chegar a 1m ou mais, dependendo das chuvas na região.  Para chegar na entrada do túnel passamos por uma trilha, também inundada mas rasa. Não encontrei possibilidades de atolamento no local, mas deve-se sempre ficar atento.



Tunel Fábio Rego
A extensão de 836m é metade submersa, e mais ou menos no meio temos uma elevação onde o pessoal costuma parar para tirar fotos. Todo o trajeto é escuro, sendo iluminado somente pelos faróis dos carros. A sensação é estranha, mas empolgante. Essa travessia de dia já proporciona um certo medo, mas a noite, para quem quiser se aventurar, a emoção certamente é muito maior.


Saída do Tunel
Do outro lado a trilha continua, e pelo mapa leva de volta a margem da estrada, seguindo pelo antigo caminho da linha férrea. Fizemos a volta e voltamos pelo túnel, retornando para a PR-151 e seguindo para Jaguariaíva, onde fizemos uma pausa para o almoço.




Parque Linear

Continuando o caminho a próxima parada foi no Parque Linear, que conta com um mirante para uma Cachoeira, vista por quem cruza a cidade pela estrada.






Represa da Lagoa Azul
Em seguida fomos para o Vale do Codó, na represa da Lagoa Azul, que foi construída por um Barão para geração de energia própria e transporte de água. Hoje muito visitada por turistas, seu caminho se dá por uma estrada de terra mas que pode ser feita por qualquer veículo. Uma paisagem muito bonita, sendo uma parada para boas fotos praticamente obrigatória. 

Na volta, ainda no Vale do Codó, paramos em uma cachoeira (Cachoeira do Rio Jaguariaíva), muito frequentada para banhos em dias quentes.

O próximo post será sobre a Cachoeira do Corisco e o Poço Encantado, finalizando nosso roteiro pela região. 



Túnel Fábio Rego

Arquivo GPX

Arquivo KMZ

Trilha GPSies


Google Earth Fly




Album de Fotos



















4 comentários:

Anônimo disse...

Esse passeio posso fazer com a Santa Fé? Você comenta que parte do túnel é inundada, posso ter problemas pelo meu carro não ser bem um offroad? Que tipo de equipamento é obrigatório no carro para essas aventuras? Obrigado. Pedro

Secretaria - Sengés disse...

A Prefeitura Municipal de Sengés, tem desenvolvido um arquivo .kml para Google Earth que contém os pontos turísticos do município e região próxima. Pode-se baixar através do link:
https://mega.co.nz/#!FgQWTSqR!eB32oOwrBGAQoWJYKITD6Xu0E0KhnO-r6z9DUtC6k0I

Sergio Rodrigo de Medeiros disse...

Amigo, consegue fazer sim, mas no seu caso é importante estar com um guia local que tenha experiência dentro do tunel, ou alguém que já foi, pois em determinadas épocas a inundação do túnel é maior e a água pode exigir que o carro tenha snorkel. Em dias normais seu carro passa sim. Independente de qualquer coisa, passeios offroad sempre devem ser feitos em mais de um veículo.

Sergio Rodrigo de Medeiros disse...

Prezada Prefeitura de Sengés, muito boa sua iniciativa!!! Meus parabéns por disponibilizar de forma fácil os inúmeros atrativos que a cidade oferece. Nós, amantes da natureza, temos dificuldade em encontrar os locais que as cidades oferecem como pontos turísticos e acabamos não conhecendo tudo que a cidade oferece. Esse tipo de iniciativa é o que falta nas prefeituras hoje e que sem dúvida ajudará o turismo da cidade! Novamente, meus parabéns! Arquivo muito completo e bem elaborado!

Postar um comentário