terça-feira, 28 de maio de 2013

Canyon Guartelá - Castro

Natureza: 4
Dificuldade: 4
Beleza: 4
Notas que variam de 1 a 5






O Canyon Guartelá é muito conhecido pelo lado de Tibagi - PR, mas poucos conhecem o outro lado, que fica na região de Castro - PR. Esse caminho não contém a infraestrutura que se encontra do lado de Tibagi, porém temos um trajeto bem pouco explorado, o que agrada aos viajantes e trilheiros, pois ficamos livre para realizar a volta de acordo com o nosso gosto.




Basicamente consiste em uma estrada rural, que se inicia na cidade de Castro e segue em direção à Pousada do Canyon Guartelá. Essa pousada fica ao lado do Canyon, e tem como proposta o contato com a natureza e esportes ao ar livre. Com ótima infraestrutura para receber os hóspedes, ela conta com apartamentos e chalés, além de piscinas, lagos, área de lazer e muito contato com a natureza. Muito procurada para esportes e descanso, o clima frio da região juntamente com a natureza nativa proporciona um ambiente ótimo para quem busca descanso em feriados e férias.

Saindo da estrada PR-151 em direção a pousada, que é a referência do caminho, passamos por paisagens típicas de estradas rurais, com alguns pontos ótimos para belas fotografias. A estrada é de terra, e muito lisa em dias e estações chuvosas, o que requer cuidados na condução. No caminho encontramos muitas fazendas de plantações diversas e criação de gado.






Logo no início do caminho paramos em uma igreja, muito bela por sinal, para tirar umas fotos e apreciar a paisagem.





Seguindo sem maiores dificuldades chegamos em uma ponte de madeira, onde a volta propriamente dita começa. Nesse ponto temos outra igreja e um local que aparentemente é utilizado para encontros da comunidade, e ali temos duas opções para seguir caminho. Já fizemos as duas, mas recomendo começar pelo lado esquerdo, que é o mais próximo da pousada e possui mais subidas, tornando o caminho mais divertido. A partir daí começamos a ficar mais isolados da civilização e sem sinal celular.

Chegando na pousada paramos para tomar um café e conversar com o gerente, muito hospitaleiro por sinal. Comentamos sobre o blog e o mesmo autorizou citar a pousada, que tem uma característica interessante. Uma área foi criada em homenagem a cidade de Castro e seus personagens que fizeram a história da cidade. É como se fosse um pequeno centro urbano, com uma rua em menor escala, criada nos moldes do início de Castro, onde os negócios de cada família foram recriados com seus pertences. Alguns deles são relojoaria, mercearia, açougue e banca de revistas. É uma rua pequena, mas no mínimo curiosa, pois remete à colonização de Castro e suas famílias. Muito criativo, mas não andaria ali a noite e sozinho... :-)

O gerente é Jipeiro, e comentou que existem várias trilhas 4x4 dentro da propriedade, de vários graus de dificuldade. Na próxima ida com certeza faremos. Uma das trilhas, a única que entramos, consiste em uma subida que termina em um mirante, ponto de parada quase obrigatório para apreciar o Canyon. Dali ainda saem várias outras trilhas que podem ser seguidas a pé. Como estava ficando tarde seguimos o passeio e deixamos esses caminhos para a próxima oportunidade.

Saindo da pousada, na qual a estrada atravessa por dentro, é que a dificuldade aumenta. Seguimos por alguns kilometros por uma trecho quase fechado pela natureza, beirando o rio do Canyon. A estrada fica cada vez mais fechada e em aclive, deixando o rio cada vez mais longe, separado por uma boa queda. Por esse motivo deve-se prestar muita atenção, pois uma queda poderia ser facilmente fatal.






Durante o caminho vamos passando por várias propriedades particulares, com porteiras e nomes de fazenda talhados em placas de madeira.








Logo após esse trecho a paisagem abre, dando vista para a linda paisagem da região e do próprio Canyon, com certeza pouco conhecida desse lado. Muitas criações de gado e reflorestamento acompanham o caminho até o final. Em vários momentos a estrada fica muito lamacenta, lisa e em subida, obrigando o uso do 4x4.








A volta termina na mesma igreja, logo após a ponte de madeira, onde seguimos de volta para casa.






Um caminho a ser feito tanto em dia ensolarado como chuvoso. Cada um com as suas belezas e desafios. Ótimo para ser feito sozinho ou em grupo.


Como chegar no Canyon Guartelá do lado de Castro

Arquivo GPX

Arquivo KMZ



Trilha GPSies



Google Earth Fly






Album de Fotos:







































































Nenhum comentário:

Postar um comentário